dentro

A previsão para inauguração da nova UPA é de 45 dias

Segundo informações repassadas pela a Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Lages, as novas instalações da Unidade de Pronto Atendimento Maria Gorete dos Santos, localizada no bairro Universitário, próximo ao Terminal Rodoviário Dom Honorato Piazera, tem a previsão de ser inaugurada no final do mês de junho, início do mês de julho.

Durante a visita as obras finais para a inauguração da nova UPA, na tarde desta quinta-feira (23), o chefe do executivo lageano, Antonio Ceron e parte dos vereadores de Lages fizeram uma visita em todos os cômodos internos e na parte externos da estrutura, sendo que para os mesmos foram repassados detalhes do andamento das obras de estrutura física, que estão 99% concluídas. Restam Faltando apenas o cabeamento de Internet da rede interna, geradores, já licitados, aguardando-se a chegada e móveis, sendo que as medidas já foram tiradas e já encontram-se em fabricação. Alguns móveis já estão chegando e parte dos materiais e equipamentos também. Os tapumes serão retirados já na próxima semana e serão iniciados os trabalhos de colocação de pedra brita, feitio de calçadas e estacionamento. A UPA é de porte tipo 2, para cidades de 200 a 300 mil habitantes, possui 2.815 metros quadrados e os serviços estão sendo executados pela empresa Construtora Evoluta, de Lages. A UPA prestará atendimento clínico e a referência continuará sendo os hospitais da cidade.

Os Vereadores visitaram todos os ambientes da Unidade, conhecendo recepções, sala para estratificação de risco, salas de espera, bloco de serviços/administrativos, sala de estar/descanso para médicos, vestiários e banheiros masculino e feminino, refeitório, cozinha, lavanderia, balcão de avaliação/triagem, cinco consultórios médicos adultos e infanto-juvenis, um consultório odontológico, posto de vigilância, sala vermelha/emergência para os pacientes em estado grave, transportados por ambulância, chegam direto, sem necessidade de passar pelo fluxo normal, sala para administração de medicação, farmácia, sala de nebulização, sala de raio-X, sala para eletrocardiograma, sala de curativos limpos e sujos, sala de esterilização, sala de coleta de material, sangue, posto de enfermagem, sala externa para geradores de energia, sala de gases medicinais, oxigênio e necrotério. No segundo pavimento estará instalado o almoxarifado. O paisagismo externo está pendente e é um dos detalhes a serem resolvidos.

Após a inauguração, a UPA atenderá pacientes de Lages e região com os mobiliários remanejados do Pronto-Atendimento Tito Bianchini, além da quantidade de móveis entregues pela empresa vencedora da licitação, de Alfredo Wagner. O atendimento de pediatria deve ser iniciado em dezembro, conforme a estrutura esteja pronta à altura de oferecer comodidade e segurança a crianças e adolescentes. A diretora da UPA, Beatriz Montemezzo, e a diretora de Atenção Básica da Secretaria da Saúde, Francine Formiga, acompanharam a visitação.

Referindo-se a parte de recursos humanos, RH, todos os colaboradores do Tito Bianchini serão deslocados para a UPA, e o quadro será completado por futuros servidores a serem chamados pelo mais recente processo seletivo e pelo processo seletivo que transcorrerá em agosto deste ano, prevendo vagas para praticamente todo o quadro da prefeitura. Na UPA estarão médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, auxiliares de enfermagem, auxiliares administrativos. Os três médicos do período no P.A. e mais dois do Hospital Infantil Seara do Bem serão deslocados para a UPA. “Um complexo de serviços em Saúde com amplas salas e atenção técnica especial a Lages. Todos serão surpreendidos com a magnitude e qualidade deste prédio”, salienta o prefeito Antonio Ceron.

Ao todo já foram investidos R$ 2,5 milhões da prefeitura e mais cerca de R$ 2 milhões do Ministério da Saúde/Governo Federal, destes vieram R$ 1,5 milhão. Ainda há a previsão de mais R$ 500 mil de emenda parlamentar da deputada Carmen Zanotto, este último montante para materiais e equipamentos.

Preliminarmente, o Corpo de Bombeiros deu um direcionamento para que sejam feitas adequações nas portas da UPA. Nos próximos dias haverá nova vistoria dos Bombeiros. A fiscalização de obras da Secretaria do Planejamento e Obras está permanentemente no local. Ao todo são 16 portas, somente algumas passarão por modificações para melhor acesso de macas e pessoas, a exemplo da entrada principal, que deverá ser porta basculante ou automática. O projeto da UPA teve de ser adequado à realidade atual, pois era de 2009. O Pronto-Atendimento recebe diariamente, em média, 300 pacientes. O prédio do P.A. provavelmente será transformado em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do Centro 2, pois os bairros Santa Rira e Brusque e parte do Centro são descobertos da Estratégia Saúde da Família (ESF). Portanto, Lages será um dos poucos municípios com 100% de cobertura de ESF em Santa Catarina.

Fonte: Daniele Mendes de Melo

Fotos: Greik Pacheco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cinco bairros ficarão sem água neste sábado devido a manutenção de rede elétrica

ROCAM retira de circulação casal de traficantes no São Miguel em Lages