dentro

Feira expõe artesanato produzido pelo programa Bairros das Artes

A atividade artesanal valoriza o ser humano, proporcionando oportunidades de integração social e geração de renda extra para as pessoas, especialmente as mulheres e idosos

Foto: Iran Rosa de Moraes

Feira de artesanato promovido pela Secretaria da Assistência Social e Habitação expõe a produção originada do programa Bairros das Artes, que abrange 42 dos bairros de Lages e cerca de mil mulheres. A feira está sendo realizada nesta sexta-feira (13), pela manhã e à tarde, na praça Vidal Ramos Sênior, ao lado do Terminal Urbano.

A mobilizadora social Eliane Bordin conta que este programa reúne grupos de produção de artesanato quinzenalmente nos bairros, sendo que uma equipe de monitores repassa as técnicas, ensinando e orientando na produção artesanal. “Como estamos em época de Natal, muitas das peças expostas e colocadas à venda, nesta nossa 1ª Feira de artesanato, são guirlandas e variados outros adereços natalinos. Mas temos vários outros tipos de artesanato também”, disse Eliane.

Para o ano que vem está nos planos da Assistência Social e Habitação a promoção de feiras nos bairros. “O prefeito Antonio Ceron garante o apoio necessário para o programa, pois ele entende que a atividade artesanal valoriza o ser humano, proporcionando oportunidades de integração social e geração de renda extra para as pessoas, especialmente as mulheres e idosos”, comenta a mobilizadora social.

Uma das cinco monitoras deste programa é a costureira Irene das Graças Muniz, que já atua há dois anos com os grupos de produção de artesanato, nos bairros. “Tem sido muito gratificante este trabalho. Atendemos vários grupos, incluindo um que reúne idosos residentes no bairro Popular. Os idosos se divertem muito aprendendo as técnicas artesanais. Para eles é uma terapia, uma oportunidade de saírem de casa e interagir com outras pessoas da mesma idade”, declara Irene Muniz.

Quem está participando desta 1ª Feira é a artesã Maria Marlene Ferreira, de 73 anos, moradora do bairro Conta Dinheiro. “Eu faço peças de Patchwork e estou muito feliz por poder fazer parte deste programa”, falou dona Maria Marlene.

Texto:  Iran Rosa de Moraes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tragédia na BR 116 em Capão Alto na Serra Catarinense

Carta de Vinhos e espumantes da Vinícola Suzin é apresentada na Casa do Vinho em Lages