dentro

Assistência Social e Habitação busca intensificar construção de moradias

Além das seis casas sendo executadas pela equipe de obras, outras três estão sendo reaproveitadas através do Programa Reuso

Na primeira semana de abril, a Secretaria de Assistência Social e Habitação começou a construir casas para famílias que se encontram no aluguel social devido a ocorrências de incêndio e/ou extrema situação de vulnerabilidade habitacional. Segundo os coordenadores de obras da Secretaria, Fabrício Martins e José Machado, uma das seis casas em execução que se encontra com a construção mais avançada está localizada na avenida Manoel Antunes Pessoa, no bairro São Miguel. O local dispõe de 36 metros quadrados, divididos em cinco cômodos: 2 quartos, uma sala, uma cozinha e um banheiro.

As demais moradias são no bairro Habitação, Beatriz, São Miguel, Conta Dinheiro e Morro do Posto. De acordo com o secretário de Assistência Social e Habitação, Samuel Ramos, o intuito é padronizar as construções destas casas em 30 metros quadrados, com exceção das famílias que possuem um número considerável de pessoas. “Ressalto que a nossa prioridade é atender os casos com extrema vulnerabilidade social e demandas judiciais”, frisa Samuel.

O Programa Reuso

Busca desenvolver uma política sustentável através do reaproveitamento de materiais de construção para atender famílias em situação de vulnerabilidade social, tais como tintas, portas, madeiras, janelas, vasos, telhas, pisos, azulejos, pias, canos plásticos e galvanizados, material elétrico e hidráulico, diminuindo as filas do cadastro e os custos da Secretaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conselho Interno de Prevenção de Acidentes está em fase de implantação no Município

Bispo Dom Guilherme Werlang faz visita de cortesia ao prefeito Ceron