dentro

Atenção Motoristas: Trânsito modificado nas ruas próximas ao antigo Pronto Socorro

As mudanças terão validade até o final do decreto e de sua prorrogação pelo Governo do Estado

Foto: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Lages

As mudanças servirão para agilizar e dar mais qualidade aos serviços prestados pela Secretaria Municipal de Saúde, quando do funcionamento do Hospital de Triagem, no antigo Pronto Atendimento Tito Bianchini, que servirá para tratamento de pacientes com Covid 19 de Lages e região serrana.

As alterações no trânsito acontecerão na rua Rui Barbosa, localizada ao lado do antigo Pronto-Socorro, no Centro de Lages, o tráfego de veículos na via continuará em mão dupla, mas em todo o seu lado direito, sentido Centro, será proibido o estacionamento devido ao afunilamento da via, com limitação de espaço para o fluxo. O lado esquerdo está reservado para o acesso de ambulâncias e outros carros ligados à área da saúde no direcionamento de pacientes com suspeita da infecção por coronavírus até o Hospital de Triagem Tito Bianchini. As mudanças estão sinalizadas pela Diretoria de Trânsito (Diretran), com cones, cavaletes e fitas de isolamento.  A duração destas alterações no trânsito terão validade até o final do período de isolamento social prorrogados, por mais sete dias a partir desta quarta-feira (25 de março), e conforme novas determinações do Governo do Estado e da prefeitura.

Já na rua Padre R. Oliveira, próxima à Praça Leoberto Leal, está bloqueada ao tráfego de veículos desde a rua 7 de Setembro até a lateral do Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc), na rua Felipe Schmidt, por conta das tendas montadas em frente à Vigilância Epidemiológica para acomodar os idosos que buscam pela vacina preventiva à gripe Influenza (o município ainda aguarda a regularização das doses pela Regional de Saúde) e também para evitar aglomeração de pessoas, uma das principais atitudes contra a evolução da propagação do coronavírus.

Fonte: Daniele Mendes de Melo / Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Lages.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Números oficiais de casos suspeitos diminuem em Lages

Números de casos confirmados em Santa Catarina chegam a 122