dentro

Autor de latrocínio é condenado a 29 anos de reclusão em Lages

O latrocínio aconteceu no início da manhã do dia 12 de maio quando o proprietário estava abrindo seu estabelecimento

Foto/Arquivo

O Juiz da 1ª Vara Criminal da Comarca de Lages, Dr Geraldo Corrêa Bastos, condenou o autor do latrocínio cometido no dia 12 de maio deste ano, contra Vilmar Luiz Lang, proprietário do Supermercado Real, localizado no bairro São Luiz, há 29 anos de reclusão. O réu deve cumprir a pena em regime inicialmente fechado. O Magistrado negou o direito do réu recorrer a decisão em liberdade.

O réu foi julgado pelos crimes: roubo circunstanciado recebendo a pena de sete anos e seis meses; corrupção de menores, um ano, seis meses e vinte dias; e pelo latrocínio a pena foi de 20 anos de reclusão.

O réu era afilhado da vítima e já havia trabalhado no estabelecimento, e conhecia bem a rotina de funcionamento do supermercado.  Dias antes tinha pedido dinheiro emprestado ao seu padrinho, proprietário do estabelecimento. Ao chegarem ao local, os dois encontraram a vítima e anunciaram o assalto com a arma de fogo. Na sequência, o acusado desferiu dois disparos contra o comerciante, que morreu no local. O réu e o adolescente fugiram de motocicleta. Mesmo sem ter levado qualquer bem, há crime de latrocínio quando o homicídio se consuma, conforme entendimento do STF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros baratos terminam em BO para casal de Lages

Confira as datas da quinta etapa da entrega dos Kits emergenciais de alimentação escolar