dentro

Azul voltará a operar seis dias por semana em Lages

Decisão começa a valer a partir de 6 de agosto

Os voos regulares da empresa Azul Linhas Aéreas voltarão a ser operados seis dias por semana em Lages a partir de 6 de agosto. Haverá pouso em Lages aos domingos, segundas, terças, quartas, quintas e sextas às 14h50 no Aeroporto Federal Antônio Correia Pinto de Macedo e decolagem às 15h30 ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP). O secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Mario Hoeller de Souza, confirma a informação e em contato com a empresa se inteirou que a decisão se deve à resolução das pendências e não conformidades do Aeroporto junto ao Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta II) e ao retorno financeiro da operação em Lages, com lotação praticamente máxima em todos os deslocamentos. Até a data prevista, os voos da Azul acontecem às segundas, quartas, sextas e domingos.

A história

No dia 25 de maio de 2018 Lages recebeu uma notícia aguardada há mais de dois meses. Na ocasião, o prefeito Antonio Ceron recebeu um telefonema do coronel aviador Marcos Kentaro Adachi, comandante do Cindacta II, da Força Aérea Brasileira (FAB), confirmando a liberação do Aeroporto da cidade para voos por instrumento (barômetro e anemômetro). A liberação da Aeronáutica é resultado de uma reunião realizada no dia 7 de maio, no gabinete do prefeito, quando foram elencadas as 36 não conformidades que impediam os voos por instrumento. Naquela oportunidade, o prefeito determinou à administradora do Aeroporto, empresa Infracea Controle de Espaço Aéreo, Aeroportos e Capacitação Ltda., que providenciasse todas as correções com a máxima urgência. Técnicos militares do Cindacta vistoriaram o Aeroporto no final de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeito de Lages decreta luto oficial por três dias pelo falecimento do Ex Governador do estado Antônio Carlos Konder Reis

Coleta seletiva gera economia de recursos e se transforma em benefícios sociais a cooperados e à sociedade