dentro

Canteiros da Via Gastronômica são modificados para melhoria de visibilidade dos motoristas

Os canteiros da Via Gastronômica estão sendo modificados, desde a segunda-feira(22), com a intenção de melhorar a visibilidade dos motoristas que trafegam por aquele local.

Os operários da Secretaria do Planejamento e Obras estão executando o serviço de redução da altura de dois canteiros de tijolo à vista ornamentais de jardinagem na rua Emiliano Ramos, Via Gastronômica, no centro de Lages. A medida tem como finalidade melhorar a visibilidade, evitando possíveis acidentes de trânsito para os condutores que trafegam entre as ruas Aristiliano Ramos e Caetano Vieira da Costa.

Por se tratar de um nível de rua mais baixo em relação à posição da parada na esquina da panificadora, a visão está um pouco prejudicada pela altura do canteiro e por isto os veículos têm de chegar bem à frente, quase praticamente invadindo um pouco da pista preferencial, impasse que está sendo resolvido pela prefeitura.  Os canteiros sofrerão um rebaixamento de 60 centímetros dos atuais 90, ficando então com apenas 30 centímetros de altura, perfeito para a visão por parte dos motoristas.

Já para os motoristas que trafegam pela Caetano Vieira da Costa e desejam dobrar à direita na Emiliano Ramos, sua preferencial, se deparam com a alta sinuosidade da curva, onde está os dois canteiros, e pelo excessivo estreitamento da pista. Este ponto também sofrerá modificações estruturais na altura do canteiro nas mesmas medidas do outro para manter a hegemonia na geometria e será implantado um recuo de curva em 1,5 metro, com aumento de raio, tornando-a mais suave. No local já foram registrados acidentes, causando prejuízos tanto para cidadãos, quanto ao Poder Público, em razão do dano ao patrimônio, problema aliado também à imprudência.

De acordo com o secretário do Planejamento e Obras, João Alberto Duarte, os trabalhos de rebaixamento significativo devem perdurar por mais alguns dias. O trânsito de veículos e a passagem de pedestres não serão prejudicados, pois as atividades são desenvolvidas do lado das calçadas. A parte de renovação e manutenção das flores é de competência da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em abril, 22 locais da área rural de Lages receberão imunização contra a gripe

Elemento é preso no Pró Morar com arma de fogo