dentro

Na terra de gigante cervejas artesanais começam a conquistar seu espaço

Com inauguração prevista juntamente com as comemorações do aniversário de 253 anos de Lages e da própria marca da Cerveja

Fotos Cerveja Princesa da Serra

Apesar de uma das filiais da gigante AMBEV estar instalada em Lages, olhos empreendedores começam a encontrarem espaços e a se  destacarem na produção de cervejas artesanais no município e região.. A fábrica de cerveja artesanal lageana Princesa da Serra, é um grande exemplo disso, pois está fazendo um aporte significativo de investimentos, na ordem de R$ 1 milhão de reais na sua ampliação, triplicando a sua produção, que era de cinco mil litros por mês para 20 mil litros mensais.

A reunião entre os proprietários da Cervejaria, Eli Fernando Zanin e James Branco; o vice-prefeito, Juliano Polese; o secretário da Administração e Fazenda, Antonio Cesar Arruda, e o executivo de Turismo da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Luís Carlos Pinheiro Filho, se realizou durante a manhã da última quarta-feira (10), na prefeitura, e com esta excelente notícia para o município.

O projeto de expansão da Cervejaria Artesanal Princesa da Serra, foi apresentado durante a reunião. Já com data definida para os primeiros testes para agosto, com a conclusão da instalação das máquinas provenientes de Bento Gonçalves (RS). Para se ter uma ideia do avanço do projeto, a inauguração está prevista para meados de novembro, juntamente com as comemorações do aniversário de 253 anos de Lages e da própria marca da Cerveja.

Com características modernas, o projeto arquitetônico proporcionará uma experiência única com a cerveja artesanal na Serra Catarinense, além do Restaurante Galpão Capão do Cipó, destino gastronômico já consolidado com pratos típicos de truta e tilápia, oferecidos no rústico ambiente na avenida Bruno Luersen, bairro Vila Mariza. O vice-prefeito, Juliano Polese, salienta que, “ao fortalecer e ampliar o setor se consolida o mercado da cerveja artesanal como um produto turístico para Lages e a região da Serra Catarinense”.

O executivo de Turismo, Luís Carlos Pinheiro Filho, comemora a consolidação do setor cervejeiro, aumentando a carta de opções de produtos turísticos na Serra. “Este roteiro abrangerá a visita às fazendas de lúpulo em Lages. Na primeira reunião tivemos a presença de dez cervejarias que atuam na Serra, mostrando a força e dinâmica do setor. O mercado da cerveja artesanal está em plena expansão e a inclusão do destino cervejeiro é extremamente salutar. Atualmente na Serra já existem, entre as cervejarias tradicionais e ciganas, dez cervejarias que criam um ambiente propício para a construção da rota da cerveja na Serra.”

A Diretoria de Turismo, a Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures) e a empresa Casa Verde Experience, de Itajaí, especialista no mercado, estão envolvidas neste projeto para consolidar esta nova rota turística. “No dia 11 de novembro é aniversário da Princesa da Serra e o mês do aniversário de Lages. Será um grande presente para todos nós”, salienta o empreendedor Eli. A proposta é poder conciliar a inauguração da Cervejaria com melhorias no seu entorno, estabelecidas pela prefeitura, proporcionando melhor acesso dos turistas e população serrana.

Conheça melhor a Cerveja Princesa da Serra

A Cerveja Princesa da Serra é uma micro cervejaria, iniciando suas atividades no final de 2016, primeiramente com sua produção em torno de três mil litros por mês, exclusivamente para suprir a necessidade de consumo de cervejas especiais para o Restaurante Galpão do Cipó anexo à fábrica. O nome Cerveja Princesa da Serra se deu em homenagem a Lages, que ostenta o título de Princesa da Serra Catarinense.

Após já ter sofrido duas ampliações e uma total reestruturação em 2019, a Cervejaria chega à capacidade de produção de até 15 mil litros mensalmente, e cinco estilos de cervejas puro malte: Pilsen, Weizen, Vienna, IPA e Stout, todas em growler descartável de um litro e barris de 30 e 50 litros, vendidos em diversos pontos na cidade de Lages e nas cidades vizinhas. Em breve as cervejas serão comercializadas também em garrafa. A Cervejaria conta com equipamentos de primeira linha, mão de obra especializada e trabalha com as melhores matérias-primas, na sua maioria importadas da Alemanha e dos Estados Unidos (EUA).

Este ano, a Princesa da Serra de Lages foi premiada com medalha de ouro no VII Concurso Brasileiro de Cervejas, em Blumenau, evento considerado o Oscar da cerveja brasileira. A cerveja premiada foi a Weizen Galpão do Cipó. O evento fez parte do 11ª edição do Festival Brasileiro da Cerveja. A Cervejaria está localizada na rua Santo Onofre, nº: 426, Vila Mariza.

Fonte: Henrique Beling

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ladrão arromba Lavação TOP 10 no Centro de Lages

Mudanças no trânsito devido a eventos que acontecerão neste final de semana