dentro

Chuva de granizo volta a assustar a população e causa estragos em Lages

O temporal teve a duração de aproximadamente 05min, o suficiente para causar pânico aos moradores de Lages

Uma forte chuva de granizo na tarde deste domingo (19), com duração de aproximadamente 05min, trouxe à tona as tristes lembranças do dia 13 de outubro de 2014 para os moradores de Lages, onde centenas de casas espalhadas por todos os bairros do município, ficaram destelhadas.

O temporal desta tarde iniciou por volta das 15h:30. O fenômeno climático atingiu diferentes bairros da cidade. Em alguns pontos da cidade o Carahá transbordou e a correnteza causou pânico a alguns moradores da região ribeirinha da cidade.

A Defesa Civil, está trabalhando no levantamento das possíveis avarias nos telhados em decorrência do granizo e prestando atendimentos nos pontos de alagamentos a todos os moradores que necessitem de auxílio.

Residências e estabelecimentos comerciais foram destelhados, portanto, apresentaram danos em suas coberturas. A estrutura do forro da cobertura de um supermercado no bairro Copacabana sofreu queda, assustando funcionários e clientes. A Defesa Civil Municipal socorreu moradores de uma residência no bairro Jardim Celina, onde os ventos arrancaram parte do telhado e foi necessário a cobertura com lona. Também no bairro Guadalajara o vento forte arrancou parte do telhado de uma residência na Rua Inocêncio Alves de Brito.

Os agentes da Defesa Civil trabalham na distribuição de lonas para amenizar os efeitos dos prejuízos, e evitar que uma nova chuva afete casas e empresas com mais impactos negativos. O secretário executivo da Defesa Civil, João Eduardo Silva Pacheco, alerta que, “os profissionais permanecem amparando a população e tranquilizam moradores. Desta forma foi na sexta-feira, dia 17, quando chuvas contínuas inundaram ruas por conta da alta vazão em mecanismos de drenagem pluvial, mesma data em que o nível do rio Carahá obteve elevação em diversos pontos. Os cidadãos contaram conosco, aos quais prestamos suporte”.

Em caso de urgências e emergências a comunidade deve entrar em contato pelos números 98406-4037/3019-7477/3019-7479/199.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente envolvendo carro e caminhão interdita BR 116 em Correia Pinto

Mais um traficante atrás das grades em Lages