dentro

Desprezo aos menos favorecidos

É impressionante o descaso dos órgãos públicos com as pessoas menos favorecidas. Pois na noite de hoje, sexta-feira(08), me deparei com um fato inusitado. Fui recolher meu carro para a garagem e me deparei com uma moradora de rua, desacordada, estendida no portão da minha garagem.

Sou morador da Rua: Manoel da Silva Ramos, 376, centro, postei a situação na Rede Vizinhos, liguei para o 190, me pediram pra ligar pro 192, Bombeiros Militares, que por sua vez, pediram pra ligar para o serviço de acolhimento, que por sua vez pediu para ligar para o SAMU.

Com toda essa boa vontade se passaram mais de uma hora e ninguém veio prestar atendimento a essa próxima, que por exclusão da sociedade entregou-se ao vício do alcoolismo e sabe-se lá mais o que.

Na realidade fica também o alerta aos vereadores de Lages, que estão abrindo uma CPI do Pronto Atendimento Tito Bianchini, que incluam os atendimentos do Auto Socorro de Urgência e do SAMU também.

Pois acredito que por fazer parte de uma fatia social menos favorecida, ser moradora de rua, não é motivo para que os serviços de urgência e emergência virem as costas para a mesma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reforma da Rodoviária segue cronograma normal de execução do projeto

Serra do Rio do Rastro liberada