dentro

Força de Segurança pode retomar as fiscalizações em Lages

Atualmente com a situação referente a Covid 19 estar demonstrando uma certa tranquilidade, as vistorias feitas tanto pela Vigilância Sanitária quanto pela Defesa Civil e Polícia Militar, estão sendo as de rotina, conforme a demanda e atendimento a denúncias, que podem ser feitas direto no número 190, da PM, quanto no plantão da Defesa Civil, 199.

Mas Lages deixou a cor amarela, indicativa de risco alto e passou para a cor laranja, indicativa de risco grave, no mapa potencial por região do estado de Santa Catarina. Deste modo, se a situação piorar a Força de Segurança, composta pela Defesa Civil Municipal, Vigilância Sanitária, Diretoria de Trânsito, Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros irá retomar as fiscalizações em Lages, e aplicar novamente as multas a quem descumprir as medidas contidas nos Decretos municipal e estadual.

Foram quase sete meses de trabalho intenso da Força de Segurança, com a realização de uma média de 40 mil vistorias e a emissão de cerca de duas mil notificações, com multas que variam entre R$ 354,00 a R$ 3.540,00, conforme a gravidade da infração.

Durante a pandemia, a Vigilância Sanitária está trabalhando em parceria com o Centro de Referência da Saúde do Trabalhador (Cerest), com diretrizes da Promotoria do Trabalho. São realizadas vistorias em empresas, no atendimento às denúncias de irregularidades quanto aos protocolos de segurança sanitária devido ao novo Coronavírus. “Já fizemos visitas em empresa que nem mesmo o proprietário fazia o uso de máscara, numa situação que coloca em risco seus funcionários e clientes”, destaca a diretora de Vigilância em Saúde, Regina Souza.

Fonte: Aline Tíves/Assessoria de Comunicação de Lages

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sequestradores de filha de empresário foram condenados a mais de 30 anos em Lages

Amanhã acontece o dia “D” de Multivacinação