dentro

Funcionários públicos de Lages são suspeitos de receberem Auxílio Emergencial

Arte: Assessoria de Imprensa Fort Atacadista

Fazendo uso do jargão do jornalista Boris Casoi “Isso é uma vergonha” !!! Pois o município de Lages apresenta o número de 754 servidores públicos, o que equivale a 11, 92% do total de funcionários públicos do estado de Santa Catarina que receberam o auxílio emergencial do Governo Federal. Destacamos que o município já foi notificado no dia 13 de outubro sobre quais servidores receberam o benefício, tendo até o dia 02 de novembro para esclarecimento dos fatos.

O Secretário de Administração e Fazenda do Município de Lages, Antônio Cesar Alves de Arruda, destacou em uma entrevista a uma emissora de rádio local, que em dezembro de 2019, foram exonerados 1100 funcionários que haviam passado no processo seletivo, e havia se esgotado o tempo de contratação, sendo que um novo processo seletivo foi feito, e os aprovados começaram a serem chamados no início de 2020, e com certeza muitas dessas pessoas devem estar enquadradas nessa questão elencada pelo Ministério Público (MP).

Segundo o secretário Arruda, já foi solicitado a nominata desses funcionários públicos, pois a prefeitura não tem como saber quem são, por ter acesso somente a folha de pagamento dos mesmos, mas não têm acesso as contas bancárias. ´

“Mas após o MP se manifestar, se tiver algum desses nomes na ativa que receberam o benefício, eles terão o notificados e terão o prazo de 30 dias para devolverem o valor recebido. Se não devolverem serão exonerados das suas funções”. Pontua Arruda Secretário de Administração e Fazenda de Lages.

Texto: Márcio Proença/Fonte: Rádio Clube de Lages/Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Na hora de votar

Secretário Claiton contesta a questão da Serra estar na cor Laranja