dentro

Lages elege sua Miss da Melhor Idade

As dependências do Teatro Marajoara ficaram lotada, para comprovarem que é possível se ter glamour, elegância, desenvoltura e beleza na melhor idade. Torcedores empolgados, representando as 26 candidatas que fizeram uma disputa acirrada em busca do título da Miss Lages da Melhor idade. Assim aconteceu o concurso de Miss Lages da Melhor Idade, na noite de sábado(08), com organização da Prefeitura municipal de Lages, através da Secretaria de Assistência Social e Habitação. As candidatas que disputaram o título, fazem parte do projeto do Centro de Convivência do Idoso (CCI) Dom João Oneres Marchiori.

Sete jurados foram responsáveis pela difícil tarefa de avaliarem a simpatia, beleza e desenvoltura de cada uma das 26 candidatas, e a somatória das notas apontaria a vencedora do concurso. “Um evento que eleva a autoestima das pessoas. Não importa quem ganhou ou perdeu. Ações sociais e que melhoram a qualidade de vida de todos. Aqui temos exemplo de idosas que sofriam com depressão e hoje estão bem e integradas nas atividades do Centro de Convivência”, comentou o prefeito Antonio Ceron.

Para o secretário de Assistência Social e Habitação, Samuel Ramos, Lages é referência na aplicação das políticas públicas de assistência ao idoso.

Após o desfile e avaliação individual de cada candidata e muito mistério foram anunciadas os nomes das três finalistas. E a grande vencedora do Miss Lages da Melhor Idade foi Adelite Cecília Fernandes, 68 anos, moradora do bairro São Miguel. Tem dois filhos e seis netos. Nasceu em São Joaquim, mas reside em Lages há 50 anos. Trabalhou como técnica de enfermagem, aposentada, gosta de dançar, brincar e cantar. “O que mais me deixa feliz é ver meus filhos e netos bem e com saúde”, disse a nova miss.

Em segundo lugar ficou Elvira Correa Carvalho da Silva, 93 anos. A mais experiente das candidatas reside no bairro Universitário. Tem três filhas, dez netas e 11bisnetos. Já em terceiro lugar ficou Luderina Flores de Oliveira, 72 anos, moradora do bairro Popular. Tem 11 filhos, 22 netos e 22 bisnetos.

O Centro de Convivência do Idoso tem por finalidade promover a qualidade de vida, preservar a autonomia e manter a independência da pessoa idosa, incentivando o envelhecimento ativo e a dignidade dos usuários, além dos cuidados com a saúde e a educação, promoção da cidadania, convivência familiar com o propósito de evitar o isolamento e a institucionalização, ou seja, o acolhimento em asilos.

Fonte: Ari Junior

Fotos: Nathalia Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gastronomia Serrana estará presente na 31ª Festa Nacional do Pinhão

Homem tenta se enforcar em Lages