dentro

Nosso convidado para a sala de Bate-Papo desta semana é o juiz aposentado Dr. Fernando Cordioli

O juiz Fernando Cordioli Garcia tem 38 anos de idade, lageano, solteiro, pai de uma filha de um ano, e apesar da sua juventude, está aposentado compulsoriamente.

No final do ano de 2015, Dr. Cordioli foi afastado de suas funções e, em 2016, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina decidiu, por 41 votos a 4, por sua aposentadoria compulsória.

O relatório do processo administrativo diz que o lageano é “um magistrado de comportamento onipotente, que não vê limites em sua atuação”.

Ele foi considerado culpado, entre outras acusações, por perseguição e humilhação pública de servidores, desmandos administrativos e descortesia no trato com integrantes do sistema judicial.

A Algumas semanas atrás, Dr. Cordioli aceitou tomar um café com a nossa reportagem, e participar de uma entrevista para a nossa coluna Sala de Bate-Papo, onde nos relatou um pouco da sua rápida passagem pela magistratura.

Apesar de ainda existir um grande chance de ser reintegrado, Dr. Fernando Cordioli busca na política um novo campo de atuação, o da política.

Apesar de reconhecer alguns erros em sua trajetória como Juiz de Direito, mais nada que justificasse uma aposentadoria compulsória, ele coloca como motivo real da sua aposentadoria, assédio moral e já ingressou com recursos através de sua defesa e diz que desistiu da carreira, pelo exemplo de uma colega juíza que levou 17 anos para ser reintegrada, o que ele não deseja para si.

Qualifica a sua punição de perseguição e que espera ser demitido, que seria o caminho natural de uma condenação.

Já foi taxado de “juiz louco”. No entanto, destaca que para não enlouquecer, elencou outros campos que poderia atuar, sendo: a advocacia, a política ou o ser professor.

Resolveu optar pela política.” Adquiri tanta raiva desses desembargadores hipócritas…e a necessidade de mudança me fazem optar pela política”, declarou Cordioli.

Hoje Dr. Cordioli e filiado ao partido Patriota-51, antigo Pen.  Onde Dr. Fernando Cordioli Garcia coloca seu nome à disposição a uma pré-candidatura a deputado federal pela sigla.

“Creio que a população como um todo, tem nesse próximo pleito uma oportunidade grande de iniciar uma marcha de mudanças em nosso país. Que é através da renovação política nos Assembleias Legislativas espalhadas por todo o país, mudanças no Congresso e no Senado em Brasília que são os poderes que exercem a função de legisladores. Consequentemente mudarem também os seus executivos, sabendo escolher na hora de votar seus Governadores e seu Presidente da República. Pois a arma mais poderosa que temos para lutar contra a corrupção ainda é o nosso voto” Finalizou Dr. Fernando Cordioli.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E agora Raimundo? O que dizer???

Acidente entre carro e moto deixa duas pessoas feridas em Lages