dentro

Números da Covid 19 em Lages e na Serra Catarinense são preocupantes

São 37 pessoas que perderam a vida em decorrência da Covid 19 que aguardavam por um leito de UTI nos hospitais de Lages e da Serra Catarinense

No mês de março até o dia 18 já haviam sido atendidos 6481 pessoas no Centro de Triagem em Lages

Os números de atendimentos no Centro de Triagem (CT), preocupam a saúde de Lages e da Serra Catarinense. Podemos observar nos gráficos abaixo que os números de atendimentos no CT, localizado no antigo Pronto Atendimento Tito Bianchini, Centro de Lages, tem crescido de forma preocupante, pois no mês de fevereiro foram atendidos 6569 pessoas, sendo que no mês de março até o dia 18 já haviam sido atendidos 6481 pessoas, o que com certeza até o final desse mês superará a marca de fevereiro nos números de atendimentos.

Um fato a ser observado no primeiro gráfico acima, é que no dia 18 de março tivemos apenas 295 pessoas atendidas no Centro de Triagem, passando a falsa impressão de que os atendimentos demonstram uma queda, o que não reflete a realidade. Pois foram abertas três unidades polos para dar suporte ao Centro de Triagem nos atendimentos de pessoas com sintomas gripais característicos da Covid 19, que posteriormente são encaminhados aos laboratórios conveniados para fazerem os testes.

No gráfico abaixo, no marcador amarelo, no dia 18 de março, temos 182 pessoas atendidas nessas unidades polos. Então para se chegar ao número exato de atendimentos de pessoas com sintomas da Covid 19 no dia 18 de março em Lages, temos que somar as 182 pessoas atendidas nas unidades polos com as 295 pessoas atendidas no Centro de Triagem, totalizando   477 pessoas atendidas no dia 18 de março com sintomas característicos da Covid 19 em Lages.

Espera por leitos

A realidade de Lages e da Serra Catarinense é muito triste, com as UTIs lotadas, enfermarias com sua capacidade no limite, retrata a situação atual da saúde na região, com vidas humanas esperando vagas em enfermarias e UTIs nos hospitais da Serra Catarinense. Confira os números abaixo:

– UPA (Unidade de Pronto Atendimento – Lages): 01

– CT (Centro de Triagem – Lages): 03

– HMTR (Hospital e Maternidade Tereza Ramos – Lages): 07

– HCCJ (Hospital de Caridade Coração de Jesus – São Joaquim): 08

– HNSP (Hospital Nossa Senhora dos Prazeres – Lages): 02

– HSC (Hospital Santa Clara – Otacílio Costa): 05

– HNSG (Hospital Nossa Senhora das Graças – Bom Retiro): 05

– HFR (Hospital Faustino Riscarolli – Correia Pinto): 01

– HSJ (Hospital São José – Urubici): 04

Aguardando Enfermaria

– CT (Centro de Triagem – Lages): 01

Infelizmente até hoje, 20 de março, são 37 pessoas que perderam a vida em decorrência da Covid 19 que aguardavam por um leito de UTI nos hospitais de Lages e da Serra Catarinense.

A boa notícia

Passados pouco mais de dez dias do Decreto com medidas mais restritivas, lockdown, no município de Lages, começa a se observar o impacto positivo dessas medidas com a redução dos números de casos ativos. Pois se observarmos o início do mês de março, onde nos dias 07 e 08 tivemos um aumento de 56% de novos casos, nos dias 17 e 18 de março tivemos uma redução de 14% nos casos positivados, o que certamente é reflexo das medidas restritivas que obrigaram a população a manter o distanciamento social.

Acompanhe o vídeo abaixo onde o secretário municipal da Saúde Claiton Camargo de Souza traz mais detalhes sobre esse assunto:

O secretário Claiton Camargo de Souza reitera as recomendações da Saúde de Lages e das entidades do Estado do país com relação aos cuidados de cada pessoa nessa pandemia, para que não se transforme em um vetor de contaminação. O pedido fundamental é para que fiquem em casa, e se necessário sair, que seja de máscara e usem o alcool gel sempre que possível para higienizar as mãos.

Texto: Márcio Proença/Fonte: Flávio Fernandes- Setorista da secretaria de Saúde de Lages

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fim do lockdown em Lages

Prefeito de Lages Antônio Ceron reecebe a primeira dose da vacina contra Covid 19