dentro

PPT prende homem por ameaça com arma de fogo na Várzea em Lages

O envolvido tentou intimidar as vítimas mostrando a arma e acabou parando na Central de Polícia

Foto: Divulgação

Os rajados do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), prendeu um masculino, identificado pelas iniciais V.R.X. 44 anos, por volta das 16h:20 da tarde de terça-feira (24 de março), na Avenida Antônio Ribeiro dos Santos, bairro da Várzea.

Segundo informações contidas na resenha diária do 6º Batalhão da Polícia Militar, os policiais foram acionados para atender uma ocorrência  de posse de arma de fogo , no local dos fatos foi entrado em contato com o senhor acima identificado pelas iniciais, que relatou aos policiais, que há dias vem tendo atritos com sua filha de iniciais M.L.X. de 23 anos, que reside em uma edícula nos fundos do mesmo lote, e que já fez vários registros contra a mesma  devido ela ter tentado atear fogo duas vezes na residência além de ter quebrado em outra oportunidade os vidros da sua casa.

O acusado ainda informou, que já havia proibido o namorado da sua filha de ir até a sua residência e também seus familiares, e que na data da ocorrência teriam entrado no seu lote, duas femininas as quais seriam mãe e outra feminina parente do namorado de sua filha. Diante dos fatos o mesmo acabou perdendo a cabeça e na tentativa de intimidar as femininas pegou seu revólver calibre 38 da marca Rossi de numeração J 106351 e que possui o registro n° 001641876, e acabou mostrando para as femininas, as quais acabaram se sentindo ameaçadas porém não quiseram fazer qualquer tipo de registro contra o mesmo.

 Já sua filha decidiu representar contra ele. A arma foi localizada posteriormente no interior da sua residência, em seu quarto desmuniciada, juntamente com cinco munições de cal.38.  Diante dos fatos, os envolvidos juntamente com a arma foram conduzidos até a Central de Polícia para as providência legais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Câmara de Vereadores devolve R$ 500 mil reais à Prefeitura de Lages

Números oficiais de casos suspeitos diminuem em Lages