dentro

Projeto Colheita Feliz entrega 35ª horta comunitária

Desde o início do Projeto já foram contempladas 20 associações de moradores e 15 escolas, entre Emebs e Ceims

A partir de agora, as crianças da comunidade do bairro Vila Maria terão todos os dias uma alimentação saudável, com verduras e temperos fresquinhos e sem agrotóxicos na merenda escolar. Nesta quinta-feira (18 de abril) foi inaugurada a 35ª horta comunitária na Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Isabel Thiesen Roseto e Centro de Educação Infantil Municipal (Ceim) Bairro Vila Maria. Esta é mais uma iniciativa do Projeto Colheita Feliz, uma parceria entre as secretarias de Educação e de Agricultura e Pesca, com apoio da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente.

Desde o início do Projeto já foram contempladas 20 associações de moradores e 15 escolas, entre Emebs e Ceims. Segundo o secretário de Agricultura, Osvaldo Uncini, existem mais 11 pedidos aprovados na Secretaria, a serem executados ao longo do ano conforme a capacidade de atendimento. “Nosso objetivo é incentivar a própria comunidade a cuidar das hortas e manter o Projeto. Nós damos a assistência técnica e vamos repondo as mudas conforme a necessidade, mas o comprometimento dos moradores é muito importante, principalmente para que sirva de incentivo para as famílias a manter uma horta em suas casas”, declara o secretário Uncini.

Para a secretária da Educação, Ivana Michaltchuk, os cuidados com a alimentação das crianças e a dedicação da equipe de professores garantirão o sucesso do Projeto nas escolas. “É através destas ações que vamos transformar nossas crianças em verdadeiros cidadãos”, reitera. O vice-prefeito Juliano Polese lembra a evolução da Escola, que já conseguiu consolidar diversas melhorias na sua estrutura, além da implantação de uma biblioteca. “Em breve faremos o possível para atender a um novo pedido, não menos importante, que é uma cobertura na área de lazer dos alunos”, promete Juliano.

Na Emeb Isabel Roseto, os próprios alunos ficarão responsáveis pela manutenção da horta, com revezamento durante as aulas da disciplina de Sustentabilidade. Cada turma recebeu um canteiro para cuidar e, ao final do ano, serão premiados os mais produtivos. “Já percebemos uma nova postura nos alunos com relação à alimentação saudável e cuidados com o meio ambiente, através do trabalho realizado durante as aulas de Sustentabilidade. Com a horta, saíremos da teoria e vamos para a prática, colocando a mão na massa e aprendendo de forma mais eficaz”, destaca a diretora Alexsandra Schlemper.

A Escola comporta 140 alunos e outros 20 no Ceim, localizado a cerca de 800 metros da Emeb, e todos ficaram empolgados com a novidade. “Esse era um sonho nosso de mais ou menos três anos, que conseguimos concretizar hoje. Sabemos o quanto esta comunidade precisa e o quanto será importante para eles ter este exemplo. Nossa Escola é de todos e para todos”, salienta a diretora.

 A comunidade aprovou a iniciativa

 Os moradores do bairro Vila Maria foram alguns dos maiores entusiastas do Projeto Colheita Feliz. Muita gente fez questão de acompanhar a inauguração da horta, principalmente os pais dos alunos. A moradora Karen Antunes, mãe de Kaylan, que frequenta o 3° ano, ficou feliz ao saber que o filho terá uma alimentação mais saudável na Escola. “É muito interessante para eles, que vão aprender a gostar de verduras, pois nem todos têm esse costume em casa”, complementa.

O exemplo será levado para dentro de suas casas. Rachel Santos, mãe da Mayte, de sete anos, conta que há bastante tempo cultiva uma horta caseira, e iniciou também um pequeno pomar, ofertando frutas e verduras orgânicas para a família. “Minha filha ficou muito contente com a horta na Escola, está ansiosa para cuidar ela mesma do canteiro de temperos”, comemora.

Um comentário

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Sete bairros serão contemplados pelo projeto Comunidade Melhor

Samu recebe duas novas ambulâncias