dentro

Prorrogado o prazo para recadastramento no Cemitério da Penha

Foto: Márcio Proença

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Lages, por intermédio da Gerente de Cemitérios, Isabel Cristina Stanck de Oliveira, informa aos proprietários de terrenos, jazigos e gavetas no Cemitério Municipal da Penha, que o prazo de recadastramento que terminaria no dia de ontem, segunda-feira (30 de setembro), foi prorrogado para a próxima sexta-feira (04 de outubro), devido a extensa fila que se formou na Secretaria no último dia do recadastramento.

É importante lembrar que os responsáveis que tiverem autorização do concessionário para zelo, uso e conservação da sepultura devem apresentar cópia deste documento, devidamente autenticado em cartório. Até o ano de 1985, as escrituras eram redigidas a mão e algumas datilografadas. Com o tempo ficam quase inelegíveis, portanto reforça a necessidade da atualização de dados.

Isabel também alerta, que já está aberto o recadastramento do Cemitério Cruz das Almas, e os interessados podem procurar a partir de hoje (1º de Outubro), a secretaria do cemitério, localizado na rua  José Formulo, s/n, bairro Santa Rita, das 08h às 12h e das 13h às 18h de segunda a sexta-feira, e a partir da próxima segunda-feira também a Secretaria do Meio Ambiente, localizada na rua Germiniano Cordeiro, 202, no bairro Coral, com atendimento de segunda à sexta-feira das 13h às 19h, ou pelos fones 3019-7468 / 3019-7472 munidos com a cópia dos seguintes documentos: RG; CPF; Comprovante de residência recente; Título de Concessão Perpétua e/ou escritura da sepultura, números de telefone residencial ou celular e Certidão de óbito (s).

Segundo o secretário do Meio Ambiente, Eroni Delfes Rodrigues, a ideia é zerar as sepulturas sem identificação. Já está sendo idealizada uma plataforma digital para os cemitérios municipais, junto ao site da prefeitura, através de um link de acesso e consulta por localização de sepultura, nome do sepultado e também por nome do concessionário. “Ressalta-se que constam hoje no sistema do Cemitério Nossa Senhora da Penha, 8.914 sepulturas cadastradas e com a atualização destes dados estaremos também solicitando aos concessionários e responsáveis a colocação de lápide”, afirma o secretário.

A meta é atualizar os cadastros dos cemitérios municipais até dezembro. “Pensamos numa Lages como referência nos serviços de cemitérios, e estamos caminhando para esta conquista. A cultura e conservadorismo de nosso povo são por sepultar, sendo a última morada. Respeitamos a vontade de cada pessoa que nos procura, e que o desejo de seu ente querido seja preservado em sua totalidade”, destaca a gerente.

Fonte: Aline Tíves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher é estuprada no bairro Sagrado em Lages

Polícia Militar surpreende masculino com maconha no Promorar em Lages