dentro

Recanto do Pinhão Aracy Paim valorizando o artesanato de Lages e região

Parte da cultura de uma cidade mostrada através das mãos habilidosas das artesãs de Lages e região

Com o tema voltado para a Gralha Azul e o Pinhão, materiais como juta, vime, pano, madeira, vidro e até mesmo a fita tusa, resíduo sólido da indústria de papel e celulose que anteriormente era destinada ao descarte, e agora nas mãos criativas dos artesãos e artesãs, se transformam em caixas, pratos e demais peças, o que possibilitou uma significativa renovação no artesanato regional

A reunião da Associação Artesanato Lageano com a Tramatusa e a Arteterapia resultou na oferta de uma grande variedade de peças artesanais, com valores que variam de R$ 3,00 até R$ 100,00.

Os expositores não encontram limitações para reproduzir essas imagens em panos de prato, bonecas de tecido, bolachas e pão de mel, descascadores de pinhão, bonecas de pano, geleias artesanais, imagens religiosas, tábuas de carne estão refletidas nas peças de vidro.

Esse esforço cultural revela uma forma de resistência, que além de recuperar a tradição dos trabalhos domésticos, através de costuras, bordados, peças de crochê e tricô, também procuram tornar presente o sabor que remete ao passado mítico, que a modernidade muitas vezes ambiciona substituir por produtos industrializados.

Segundo Rita de Cassia Silva, tesoureira da Associação Artesanato Lageano, “nossa proposta, aos nos associar à Festa do Pinhão, está em divulgar o trabalho que desenvolvemos, pois o artesanato lageano possui grande valor cultural e comercial”.

Para quem passa pelo Recanto do Pinhão, vale a pena conferir as barracas de artesanatos, pois vai encontrar exposto nos trabalhos, peças de uma relevância cultural da região de Lages, que pode tranquilamente servir como forma de presentear alguém, ou até mesmo como lembrança de Lages e da Festa Nacional do Pinhão.

Confira a programação desta terça-feira do Recanto do Pinhão:

15h-Rogério Rodrigues e Banda

16h-Grupo Estrela Lageana

17h-Gaitaço Campeiro

18h-Willian Oliver

19h30-Zé Moreno e os Amigos da Querência

Texto: Márcio Proença

Foto: Toninho Vieira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Primeiro fim de semana voltado ao resgate da cultura da Serra

Suspeito pelo assassinato de Guilherme já esta preso em Lages