dentro

Suspeito pelo assassinato de Guilherme já esta preso em Lages

Juliano Stefani,35 anos, conhecido pelo apelido de Latino, suspeito de ter assassinado Guilherme Muniz, na madrugada de sábado(08), na Avenida Luiz de Camões, em um carrinho de Lanches em frente ao bar universitário Vegas, se apresentou na tarde de segunda-feira(10), juntamente com seu advogado para o Dr. Marcio Schutz, responsável pelo caso, na Central de Polícia em Lages. Após ter dado seu depoimento, Latino, saiu na companhia de seu advogado pela porta da frente da Central de Polícia. Conforme seu depoimento, o suspeito assumiu ser dono da faca usada no crime, mas não assumiu a autoria do homicídio.

Após ouvir o depoimento do suspeito, Dr. Marcio Schutz pediu a prisão preventiva de Juliano, que foi acatada pelo Juiz, e no início da noite policiais prenderam e conduziram Latino até o presídio regional de Lages, e será indiciado por homicídio qualificado, por se tratar de motivo fútil.

Segundo Dr. Márcio Schutz, delegado do 2ª Delegacia de Polícia de Lages, ainda serão ouvidas novas testemunhas, o que pode vir apontar outras pessoas envolvidas neste homicídio.

Guilherme foi assassinado no dia em que estaria completando 26 anos de idade, na frente de sua namorada.

Texto: Márcio Proença

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recanto do Pinhão Aracy Paim valorizando o artesanato de Lages e região

Defesa Civil retira pinheirinhos da margem da Avenida Papa João XXIII