dentro

Transporte coletivo mais caro a partir de amanhã em Lages

Com o reajuste a tarifa embarcada passa para R$ 4,70, e a tarifa antecipada para R$ 4,49

A Transul mantém a tradição de manter um dos menores preços do transporte urbano de Santa Catarina

Os usuários que costumam utilizarem o transporte coletivo no município de Lages, em especial os que não fazem uso do cartão efetuando o pagamento em dinheiro, seja no embarque ou nas catracas no Terminal Urbano de Lages, devem ficar atentos, pois a partir da 00h de amanhã, domingo (10), os passes para embarque estarão mais caros.

Segundo o diretor administrativo da Trasnul, Humberto Arantes, a pandemia da Covid 19 foi responsável por um grande impacto econômico, em decorrência da diminuição de passageiros, pois em 2020 a empresa transportou apenas 27% do total verificado antes da pandemia.

Na base de cálculo de reajuste da tarifa, conclui-se que a correção necessária para restabelecer o equilíbrio financeiro da empresa seria de 54 %, de forma a compensar a queda de passageiros. No entanto, em equilíbrio com o atual momento da pandemia, a direção da empresa decidiu considerar apenas os principais insumos utilizados na operação dos serviços, tais como: salários, o preço do diesel, dos pneus e dos ônibus. Assim sendo, o novo cálculo apontou a necessidade de correção da tarifa embarcada para R$ 4,70, com elevação de 9,3%. Já a tarifa antecipada, o valor de R$ 4,49 com percentual de aumento em 8,45%.

Após a análise da planilha de cálculos enviada pela empresa à Prefeitura de Lages, que foi analisada pelo prefeito Antonio Ceron e sua equipe técnica, foi autorizado o aumento médio ponderado de 3,95%, num percentual abaixo da inflação medido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), compilado em 4,31% entre os meses de dezembro de 2019 e novembro de 2020. O percentual autorizado eleva o preço da tarifa embarcada para R$ 4,50. A antecipada terá o valor de R$ 4,30. Já para estudantes, a metade do valor da antecipada, em R$ 2,15, e aos professores, R$ 3,01.

O diretor administrativo da Transul entendeu a preocupação do prefeito Antonio Ceron, em não conceder um aumento acima da inflação, neste momento crítico da pandemia do novo coronavírus, e que afeta a vida de toda a sociedade lageana. Humberto observa que outros índices apresentam percentual de inflação mais elevados e que balizam as majorações, caso do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), de 5,20%, e do Índice Geral de Preços Mercado (IGPM), de 24,51%.

Vale destacar de que a Transul mantém a tradição de manter um dos menores preços do transporte urbano de Santa Catarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lages está preparada para iniciar a vacinação contra a Covid 19

Homem é morto a tiros no bairro Dom Daniel em Lages